Home » online » Além da Muralha da China
Além da Muralha da China

Além da Muralha da China

Muitas vezes precisamos de uma perspectiva um pouco diferente para entender  que o mundo ao nosso redor é um pouco maior do que imaginamos. E que muitas vezes não temos idéia da proporção das coisas.

O exemplo de Hugo Barra, Ex-Google que resolveu “arriscar” sua carreira no gigante do oriente conta um pouco da sua experiência nesse curto período e o que mais chamou a sua atenção.

Por anos, Hugo Barra era um dos mais importantes executivos do Google. Ele era um gerente de produtos do time responsável pelo Android. Todo ano na principal conferência do Google, Hugo Barra era responsável por trazer as últimas novidades para o mundo. Foi quando em agosto do ano passado (2013) ele saiu do Google para trabalhar em uma companhia chinesa. Em Dezembro ele comentou sobre a sua experiência e o que chamou a sua atenção.

Esse é  Hugo Barra.hugobarra

Barra era um executivo top no Google na divisão do Android.Hugo Barra at Google

Em agosto ele pediu demissão e foi trabalhar com o “Steve Jobs da China” Xiaomi CEO Lei Jun.Xiaomi keynote presentation

Depois de apenas dois meses na China, Barra falou  na Le Web Tech Conference em Paris.hugobarra02

Barra contou em sua entrevista que ele está encantado com o lugar. Ele compartilhou alguns slides para explicar o porquê…hugobarra03

Ele disse que o povo chinês é incrivelmente educado com 8MM de graduados por ano (mais que os Estados Unidos).Hugo Barra's presentation on China

Ele também disse que a renda disponível dos chineses está crescendo loucamente. Já é o triplo do que 8 anos atrás.Xiaomi02

Contou que a China tem pelo menos 112 bilionários, perdendo apenas para os EUA.Xiaomi03

Barra disse que a China tem 600MM de usuários na internet – com 50% de crescimento em 3 anos.Xiaomi04

Barra falou sobre algumas IPOs dos gigantes no mercado de ações chinês.Xiaomi05

Barra contou como as empresa de internet chinesas tem um número massivo de usuários. MAU  significa “Usuários ativos mensais”. QZone tem 600 milhões.Xiaomi06

Então, Barra falou especificamente sobre algumas empresas chinesas. Primeiro mencionou Alibaba, que detém Taobao, um e-commerce que ele disse ser duas vezes o tamanho do eBay e Amazon combinadas.Xiaomi07

Barra disse que durante o “Dia dos solteiros” na China, Taobao faturou mais de duas vezes o que as empresas americanas de e-commerce faturaram na Cyber Monday.Xiaomi08

Ele falou sobre a JD, que faz entregas em até 3 horas.Xiaomi09

JD tem um app onde você pode acompanhar onde a sua encomenda está.Xiaomi10

Alipay é como um Paypal nos EUA, exceto por ser muito maior e com mais utilidades. Barra disse que ele usa até para pagar seus taxis.Xiaomi11

Weibo é como o Twitter, mas maior. Barra tinha apenas 6.000 seguidores no Twitter. Em 2 meses ele tem mais de 200.000 seguidores no Weibo.Xiaomi12

Barra disse que controla toda sua visa social pelo app chamado WeChat. Ele usa para mensagens de voz, email, e mensagens de texto. WeChat também possui um feature parecido com o Instagram (imagens).Xiaomi13

O “Uber da China” é um app chamado Didi. A diferença é que você deixa uma mensagem de voz para o motorista dizendo onde te pegar e como você irá pagar.Xiaomi15

Barra disse que MoMo é um app usado para falar com pessoas desconhecidas localizadas próximas de você. Funciona como um app de encontro e tem mais de 100MM de usuários.Xiaomi17

Não existe Google Play store na China (foi banida), então existem diversas lojas de apps disponíveis.Xiaomi18

Outro chamado de 91 funciona como um Itunes para desktop. Que foi comprado por 1 Bilhão de dólares pelo gigante chinês Baidu.Xiaomi19

Barra ama a China e está tentando aprender o idioma. Aqui você pode ver o seu lugar favorito para comer.Xiaomi20

Fonte: Business Insider

About Bruno Borges

Formado em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela ESPM e MBA em Gestão Empresarial e Inovação Tecnologica. Atua no mercado online desde 2003. Com passagem por empresas como Predicta e Terra, atualmente é Gerente de Marketing Digital do Groupon. Co-fundador dos sites www.vozdoestadio.com.br e www.digitalking.com.br.