Home » Ad Tech » OPSLYMPICS

OPSLYMPICS

Texto de hoje do site AdMonsters (http://www.admonsters.com ) muito bom fazendo um comparativo descontraído das olimpíadas com Ad.Ops – “Bringing Home Gold at the Opslympics”.
Segue agora a tradução com algumas adaptações além de “novas modalidades” que já estamos treinando para trazer o ouro em 2016 no Rio de Janeiro. 
O mundo está de olho nos Jogos Olímpicos de Londres, observando com admiração como os atletas colocam o corpo e o espírito humano em teste. Mas não são apenas os poderosos atletas que derramam  sangue, suor e lágrimas nos treinamentos para este momento. Existem diversos atletas superando diariamente os desafios de Ad.Ops. Estamos falando de outro conjunto de sangue, suor e lágrimas.
Por isso, nos levou a pensar: como seria a Opslympics, a competição final para os estrategistas digitais? Viemos com um monte de eventos que desafiam até mesmo os veteranos mais endurecidos de Ops.
A maratona da migração do Adserver : O maior evento do Opslympics, é também o mais cansativo. Os competidores devem fazer malabarismos, mudanças nos requisitos de negócios, obstáculos e fornecedores de tecnologia incompatíveis – tudo isso em paralelo com a manutenção das operações atuais.
O revezamento do Fluxo de Trabalho: A velocidade ajuda, mas o sucesso dessa prova é a qualidade da entrega. As equipes podem variar de configuração, mas todos devem ter um processo de ordem de inserção, tráfego e a parte mais assustadora: faturamento e reconciliação.
110 Metros com vendedores:os competidores não precisam ir muito longe, pois o campo está cheio de pessoas de vendas voltando de um almoço de três martinis com um cliente exigente. Os pontos são deduzidos por agredir física ou verbalmente o pessoal de vendas. Ninguém na história da Opslympics alcançou uma pontuação perfeita.
Ginástica Estratégia e artística (Rotina de solo): Os participantes devem elaborar uma rotina que impressiona os juízes com o desafio de boa receita, eficiência operacional, agilidade, e tudo feito com muita simpatia e cordialidade. O pouso é a parte mais crucial – qualquer pornografia ou a gordura da barriga dos anúncios resulta em desclassificação imediata.
Lumascape Salto em Distância: Com o campo desenhado como o infográfico Lumascape, os concorrentes devem saltar de logotipo para logotipo percorrendo todo o percurso do anunciante para o publisher. A cada salto, os “ads pontos” são deduzidos, mas aumentam a relevância da pontuação. Um esporte controverso, pois muitos defendem que o processo de medição faz pouco ou nenhum sentido. Todo mundo está esperando a atualização do ranking deste evento para o Opslympics de 2016.
Decathlon dos dispositivos: Uma campanha de um cliente está programada para todas as permutações de dispositivo e sistema operacional. Os concorrentes estão regozijando-se de IE 6 não foi incluído este ano.
E aqui vão os esportes que prometem brilhar em 2016…
50 Ads – Estilo Livre: Não importa o estilo, o objetivo é cumprir o percurso o mais rápido possível. Com a ajuda ou não da tecnologia que pode melhorar o desempenho, a luta é contra o tempo para colocar tudo no ar.
Mídias sincronizadas: Campanhas com mídia display, richmedia, ações de social media, SEM e tudo integrado com o web analytics. Todos os resultados devem aparecer em uma única analise. Tudo precisa estar sincronizado, em perfeita harmonia para agradar aos juízes.
Lançamento de formatos: Formatos cada vez mais complexos, cheio de interações com a página e medições das mais variadas ações. O desafio na configuração dos templates, finalização das peças e testes nos mais variados veículos. Tudo com poucas tentativas para alcançar sua melhor marca.
Tiro ao alvo: Acertar o target da campanha! O objetivo parece simples. Essa prova exige máxima concentração e uma analise rápida e apurada para considerar todos os aspectos externos que podem influenciar na trajetória até o alvo. É necessário considerar tudo para garantir a maior pontuação perante os concorrentes.
Essas são alguns eventos para nos prepararmos até as próximas olimpíadas. Seja em competições nacionais ou internacionais, o desafio é imenso.
Que vença o melhor…

About Bruno Borges

Formado em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela ESPM e MBA em Gestão Empresarial e Inovação Tecnologica. Atua no mercado online desde 2003. Com passagem por empresas como Predicta e Terra, atualmente é Gerente de Marketing Digital do Groupon. Co-fundador dos sites www.vozdoestadio.com.br e www.digitalking.com.br.

Leave a Reply